sqaure da cidade vaticana

11 Coisas a Saber Antes de Visitar o Vaticano - 2024 Vatican City Guide

Quer seja religioso ou não, não pode negar que uma visita à Cidade do Vaticano enquanto estiver em Roma é algo que vale o seu tempo. A bela arquitectura e a arte dos museus do Vaticano devem estar no topo da sua lista de coisas para fazer em Roma. E neste post, aprenderá tudo o que precisa de saber antes de visitar a Cidade do Vaticano.

Por que é que a Cidade do Vaticano é famosa?

O Estado da Cidade do Vaticano é um centro religioso e cultural romano-católico. Locais dentro do Vaticano, como a Basílica de São Pedro, o Museu do Vaticano e a Capela Sistina, apresentam algumas das esculturas e pinturas mais famosas do mundo. O Vaticano tem sido o centro do cristianismo desde o século IV, desde a fundação da Basílica de São Pedro, e mais tarde tornou-se a base permanente dos Papas.

1. Como chegar à Cidade do Vaticano?

A cidade do Vaticano é facilmente acessível por transportes públicos - comboio, metro ou autocarro. Se decidir ir de comboio, a estação que necessita para sair é St Pietro, St. Peter's Square fica a 10 minutos a pé da estação de comboio. Também tem a opção de apanhar um táxi ou simplesmente dar um passeio a pé, se estiver perto.

CHEGAR AO VATICANO DE METRO

Para chegar ao Vaticano de metro, é preciso saltar para a Linha A. Há duas paragens perto da cidade do Vaticano - Ottaviano e Cipro. Ambas as paragens de metro ficam a cerca de 5 minutos a pé do Museu do Vaticano. Precisa de comprar os seus bilhetes de metro nas lojas da esquina ou nas estações de metro, mas não pode comprá-los ao condutor.

Também pode utilizar a linha do Metro para ver rapidamente outros locais famosos à volta de Roma. Por exemplo, pode mudar para a linha B na estação Termini para uma visita ao Coliseu.

CHEGAR AO VATICANO DE AUTOCARRO

Apanhando o autocarro #64 da estação de comboios Termini, a viagem de autocarro demorará cerca de 20 minutos, e sairá na última paragem do percurso - Piazza Stazione S. Pietro. Da paragem de autocarro, demorará cerca de 15 minutos a pé para chegar à entrada do Museu do Vaticano. 

Se o seu ponto de partida for em redor da área do Coliseu, terá de apanhar o autocarro #81. A paragem do autocarro fica mesmo à saída da estação de metro da linha B. O fim do percurso de autocarro #81 é a Piazza Risorgimento, localizada a apenas 5 minutos a pé da entrada do Museu do Vaticano.

st peter square vatican city

2. Código de Vestimenta do Vaticano

Há um código de vestuário particular que precisa de seguir quando visita o Vaticano. Deve evitar usar roupas reveladoras, como saias curtas, vestidos, e calções. Deve também ter os ombros cobertos, pelo que é aconselhável trazer um lenço para cobrir se estiver a usar roupas reveladoras de Verão. Quando se trata de calçado, ter sandálias calçadas não faz mal, mas usar chinelos de dedo é considerado demasiado informal e casual para entrar no Vaticano vestindo-as. Se tiver um chapéu vestido, deve retirá-lo ao entrar nos edifícios do Vaticano. Não são permitidos alimentos e ferramentas metálicas (tesouras e facas).

3. Qual é a melhor altura do dia para visitar o Vaticano?

A melhor altura recomendada para visitar o Vaticano é muito cedo pela manhã ou depois das 16:00 h. As linhas fora do Museu do Vaticano começam a formar-se logo às 7:30h, apesar de o museu abrir às 9:00h. Por isso, recomendamos que se dirija ao museu tão cedo pela manhã, se puder. Há normalmente mais visitantes aos Museus do Vaticano durante a manhã, pelo que aconselhamos a visitar primeiro a capela. Se decidir ir à tarde, tenha em mente que o museu fecha às 18:00h, e certifique-se de que tem tempo suficiente para a sua visita.

Se for possível visitar o Vaticano entre terça-feira e sexta-feira, dessa forma evitará multidões no fim-de-semana. Além disso, outros museus em Roma estão fechados às segundas-feiras, pelo que os visitantes se reúnem no Museu do Vaticano, que está aberto.

pessoas em pé perto de fonte de água vaticana

4. Vá com calma e acelere você mesmo

Os museus no Vaticano levam pelo menos cerca de três horas no total para visitar, com mais de 7 quilómetros das suas galerias de arte. Tenha em mente que deve reservar tempo suficiente para ver as extensas colecções de arte e monumentos da cidade do Vaticano. Confira o mapa dos museus a fim de saber onde quer passar mais tempo durante a sua visita. Também recomendamos que dedique um dia inteiro à visita do Vaticano para que possa ter a experiência completa.

cartão de cidade vaticana

O bilhete mais barato para visitar o Vaticano

Temos a melhor recomendação de valor para si!

5. Tenha um plano e um guia turístico reservado!

A fim de ter uma visita livre de stress ao Vaticano e aos seus sítios, recomendamos que se debruce sobre as reservas e comprar os seus bilhetes de entrada no Coliseu e visitas ao Coliseu escolhidas à mão com antecedência.

6. O que não devo perder no Vaticano?

A ESCADARIA EM ESPIRAL 

A escadaria em espiral tornou-se uma das coisas mais fotografadas no Museu do Vaticano, e merecidamente. A escadaria é composta por duas escadas que tomam a forma de uma dupla hélice - como o ADN.

A TRANSFIGURAÇÃO DE RAPHAEL

A obra-prima de Rafael, a Transfiguração, retrata histórias do Evangelho de Mateus, mostrando a história do duelo entre a natureza humana e divina de Jesus Cristo. 

O SALÃO DAS TAPEÇARIAS 

É impossível perder o Salão das Tapeçarias, ou a Galleria degli Arazzi, enquanto se visita o Museu do Vaticano. Uma vez que é preciso percorrê-lo a pé para chegar à Capela Sistina.

A GALERIA DE MAPAS

Depois de passar pelo salão das tapeçarias, passará pela galeria Mapas (Galleria delle Carte Geografiche). É inevitável notar o tecto da galeria de Mapas. Para além da Capela Sistina de Michaelangelo, é um dos tectos mais fotografados de um museu.

O PÁTIO DAS PINHAS

O pátio das pinhas (Cortile della Pigna) tem o nome de uma pinha de quase 4 metros de altura localizada numa das suas extremidades. A enorme pinha feita de bronze foi originalmente encontrada na zona perto do Panteão, em Roma, e diz-se que até à data do século I a.C.

7. Museu do Vaticano

Os Museus do Vaticano são de facto constituídos por múltiplos museus, e o seu bilhete comprado leva-o a todos eles. Além disso, a Capela Sistina está localizada no interior do museu, pelo que o seu bilhete inclui também a entrada para a capela. Se quiser evitar longas filas e escrever entre a multidão a comprar um Saltar a Linha Museu do Vaticano Bilhete é algo que vale a pena verificar.

Horas de trabalho do Museu do Vaticano

  • Segunda-feira - Sábado: 9:00 – 18:00
  • Os Museus do Vaticano não trabalham aos domingos, excepto no último domingo do mês. Neste dia, a entrada no museu do Vaticano é gratuita, e a bilheteira fecha às 12:30 p.m. 
  • Pode passar o máximo de tempo possível no interior, independentemente de quando chega
tecto de museus vaticanos

8. Capela Sistina

Nenhuma visita à Cidade do Vaticano estaria completa sem a visita à Capela Sistina. Muitas vezes a própria razão pela qual as pessoas decidem visitar o Museu do Vaticano, a Capela Sistina está situada no seu extremo. Portanto, não perderá definitivamente esta cereja no topo da sua visita ao Museu do Vaticano.

Se tiver uma visita guiada reservada ao museu, o seu guia dar-lhe-á uma explicação sobre o local antes de entrar. Isto porque tem de ficar em silêncio enquanto se encontra na capela. 

Uma vez dentro da Capela Sistina, não se esqueça de mergulhar em todas as obras-primas mais famosas do mundo e não perca tempo a olhar à sua volta.

9. Visita à Basílica de São Pedro

A visita à Basílica de São Pedro é livre, embora terá de passar por grandes multidões e esperar em longas filas para entrar na basílica. É por isso que recomendamos a reserva de um guia Visita à Basílica de São Pedro e escalada da Cúpula de São Pedro. Assim, terá tempo suficiente para visitar devidamente o sítio e aprender um pouco sobre a sua história ao longo do percurso.

Horário de trabalho da Basílica de São Pedro

1 de Outubro - 31 de Março: 7:00 - 18:30 

1 de Abril - 30 de Setembro: 7:00 - 19:00

10. Visitar a cúpula de São Pedro

Uma das coisas que definitivamente precisa de visitar, enquanto estiver no Vaticano, é a Cúpula de São Pedro. Uma vez lá em cima, uma vista verdadeiramente deslumbrante de Roma revelar-se-á para si.

Preço de entrada da cúpula St. Peter's Cupola

Se decidir visitar a cúpula de São Pedro, terá de pagar uma taxa de entrada, ao contrário da entrada na basílica, que é gratuita. A entrada no St. Peter's Dome é de 10 euros se decidir apanhar o elevador e apenas caminhar um pouco menos de metade do caminho. Se estiver determinado a caminhar 551 degraus além dos últimos 320, pagará a taxa de entrada de 8 euros.

Horário de trabalho da Cúpula de São Pedro

1 de Outubro - 31 de Março: 8:00 - 17:00

1 de Abril - 30 de Setembro: 8:00 - 18:00

cúpula de st peters

11. Audiência papal

Audiência papal é uma oportunidade para os visitantes do Vaticano verem O Papa, e receberem a sua bênção. Realiza-se às quartas-feiras, quando O Papa se encontra no Vaticano. A audiência papal consiste em leituras e pequenas lições pregadas pelo Papa, são geralmente realizadas em italiano, mas também em inglês e muitas outras línguas. A Audiência com o Papa termina com uma oração conjunta realizada em latim.

O que não fazer quando se visita o Vaticano!

Aqui está apenas uma rápida lista de erros que deve evitar cometer enquanto visita o Vaticano:

  • Visita ao Vaticano ao meio-dia
  • Visita ao Vaticano no domingo ou segunda-feira
  • Não comprar os seus bilhetes com antecedência
  • Não seguir o código de vestuário do Vaticano
  • Não reservar uma visita guiada
o papa francis no vaticano

Mais de Roma...

Se gostou do nosso Guia de Visitas ao Vaticano, e achou-o útil, veja alguns dos nossos outros posts. Após um longo dia de visita ao Vaticano, terá fome, por isso não há mal nenhum em verificar o nosso Guia dos melhores alimentos romanos.

Planeia visitar Roma?

Dê uma olhada no nosso guia para as melhores Dicas de Visita ao Coliseu!